Publicidade

18 Livros de Aluísio Azevedo para Baixar em PDF

Publicidade
4Shares

Aluísio Tancredo Belo Gonçalves de Azevedo foi um romancista, contista, cronista, diplomata, caricaturista e jornalista brasileiro; além de bom desenhista e discreto pintor.

É autor de vários romances de estética naturalista: “O mulato” (1881), “Casa de pensão” (1884), “O cortiço” (1890) e outros. Tinha por influência escritores naturalistas europeus, entre eles Émile Zola, que por tal ótica capta a mediocridade rotineira.

Fazem-se veementemente presentes em sua obra certos traços fundamentais do Naturalismo, quais sejam a influência do meio social e da hereditariedade na formação dos indivíduos, também o fatalismo. Em Aluísio “a natureza humana afigura-se-lhe uma certa selvageria onde os fortes comem os fracos”, afirma o crítico Alfredo Bosi.

 
Publicidade
   

Fonte: Wikipédia

Livros de Aluísio Azevedo

1. A Condessa Vesper

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

2. A Mortalha de Alzira

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

3. Aos Vinte Anos

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

4. Casa de Pensão

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

5. Demônios

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

6. Filomena Borges

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

7. Fritzmac

Baixar PDF:

GoogleDrive /  Yandex

8. Girândola de Amores

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

9. Mattos, Malta ou Matta

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

10. O Cortiço

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

  1. O Esqueleto

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

12. O Homem

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

13. O Japão

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

14. O Livro de Uma Sogra

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

15. O Mulato

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

16. O Touro Negro

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

17. Uma Lágrima de Mulher

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

18. O Coruja

Baixar PDF:

GoogleDrive / Yandex

 

Atenção: O Blog Online Cursos Gratuitos não é proprietário nem produz os arquivos em PDF, mas apenas compartilha links que estão disponíveis na internet e que são pertencentes a terceiros.

4Shares
Publicidade
   
   

Deixe um comentário