Aprenda como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

15Shares

 

Entrar na faculdade com a nota do Enem é cada vez mais comum. As faculdades e universidades, tanto privadas quanto públicas, estão usando o desempenho do Enem como critério base para seus processos seletivos e vestibulares.

Quem presta o Enem tem pelo menos quatro possibilidades para entrar na faculdade e você pode usar uma delas para iniciar seus estudos.

     

 

SISU

O Sistema de Seleção Unificado (SISU) utiliza a nota do Enem para classificar candidatos para vagas em universidades federais, que são gratuitas e consideradas as melhores do país.

É muito comum candidatos prestarem para universidades federais de outros estados e mudar-se durante os estudos, o que é benéfico para jovens em sua primeira experiência fora de casa.

As inscrições são gratuitas, basta ter prestado Enem no ano anterior à inscrição, não ter zerado a redação e fazer sua inscrição no site do SISU.

Não é necessário nota mínima para se inscrever, mas trata-se de um concurso – quem tem as melhores notas tem as maiores chances de conseguir a vaga.

A boa notícia é que algumas instituições dão pesos diferentes para os cadernos do Enem. Faculdades de exatas preferem notas altas em Matemática e Ciências da Natureza. Cursos de humanas preferem notas altas em Linguagens e Ciências Humanas. Outras analisam apenas a redação.

 

ProUni

O Programa Universidade para Todos é outra iniciativa do Governo Federal. Através dele, é possível o candidato disputar uma vaga em alguma Universidade Particular com uma bolsa de estudos de 50% a 100%.

O processo seletivo é totalmente gratuito, mas tem algumas restrições.

O programa é destinado a candidatos cuja renda familiar por pessoa não ultrapasse um salário mínimo e meio. Além disso, você deve ter cursado pelo menos 2 anos do ensino médio em escola pública e não pode ter concluído nenhuma faculdade.

Além disso é preciso atingir nota mínima de 450 pontos nas provas objetivas e não ter zerado a redação.
As inscrições acontecem duas vezes por ano e devem ser feitas através do site do ProUni.

 

Enem como Vestibular

Muitas universidades usam o Enem como nota ao invés do vestibular tradicional.

As regras variam bastante entre as instituições, mas a vaga geralmente é destinada àqueles que tiveram melhor desempenho. Algumas dão peso diferente para cada nota separadamente dos cadernos. Outras utilizam apenas a nota da redação.

Algumas universidades utilizam a nota do Enem para compor a pontuação do vestibular. Isso é uma prática que se tornou comum em universidades muito concorridas, como a Universidade de São Paulo (USP). Portanto, nessas universidades é necessário prestar o vestibular e o Enem para ter maiores chances de entrar.

 

Faculdade em Portugal

Isso mesmo que você leu! O Governo Federal tem uma concessão com algumas universidades em Portugal e o Enem vale como vestibular lá também, como para a Universidade do Algarve.

E mais, algumas universidades de lá utilizam a nota do Enem para concessão de bolsas.

Cada instituição tem regras e exigências diferentes, mas o bom é que a língua nesse caso não é uma barreira para ir estudar em outro país.

 

FIES

O Financiamento Estudantil é o programa que mais causa dúvidas nos candidatos. Trata-se de um empréstimo junto ao Banco do Brasil a juros baixíssimos, o que amplia o acesso às universidades privadas.

Há duas opções: FIES Parcial e Total. Na opção parcial, o banco paga uma parte da mensalidade e você outra. Na Total o banco paga tudo. A cada 3 meses, no entanto, é necessário pagar uma taxa de R$50 para amortecimento da dívida.

Ao final do curso, você terá 1 ano e meio de prazo para começar a pagar o financiamento e então poderá fazê-lo em até 120 vezes.

Para ter acesso ao FIES é necessário que você não seja bolsista ProUni, que tenha participado do Enem em qualquer edição a partir de 2010, obtido média 450 nas provas objetivas e não ter zerado a redação.

Além disso, esse é um programa voltado àqueles que tem renda familiar bruta por pessoa de até 3 salários mínimos.

Também é preciso já estar matriculado em uma universidade para ter acesso ao FIES (ou seja, já passado pelo vestibular). Então, basta se inscrever no site do FIES e se selecionado, o banco devolverá qualquer valor que você já tenha pago à universidade.

Quem já cursa uma universidade e está passando por dificuldades para pagar as mensalidades, também pode se inscrever no FIES, desde que tenha prestado Enem.

 

Vale a pena fazer o Enem!

Se você fez o Enem e conseguiu entrar na faculdade dos sonhos, parabéns, pois ainda tem mais notícias boas.

Algumas universidades tem programas internos de concessão de bolsas apenas para quem prestou o Enem e teve boas notas.

Além disso, apenas quem faz universidade e teve uma boa pontuação no Enem pode se inscrever no Programa Ciência sem Fronteiras para participar de um programa de intercâmbio bancado pelo Governo Federal.

Se o intercâmbio te interessou, mas você não tem interesse em pesquisa científica, ainda pode se inscrever no Programa Idiomas sem Fronteira, desde que tenha feito Enem e tirado boa pontuação.

Enfim, há muitas razões para prestar o Enem e ter acesso não apenas à universidade, mas também a programas exclusivos dentro das faculdades. Estude, se dedique, vale muito a pena.

 

15Shares
   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *